Ulaanbaatar: O império de Genghis Khan

Francisco Brigham
Seguir

Francisco Brigham

Francisco trabalha como Designer Gráfico numa revista de viagens (Travel & Safaris).
Viajar é a sua paixão! Por isso considera-se um viajante em busca de imagens, sabores e outras curiosidades por todo o Mundo.

Escreve também aqui: "Francisco's Journey"
Francisco Brigham
Seguir

Chegamos à Mongólia e continuamos até à sua capital, Ulan Bator. Lá encontramos a Praça Chinggis. Aqui existem estátuas em homenagem à memória de Genghis Khan, Ögedei Khan e Kublai Khan. O povo mongol e seus líderes demonstraram um verdadeiro heroísmo para manter o território da Mongólia independente e Genghis Khan é o símbolo supremo dessa luta.

A Praça Chinggis
Estátua do conquistador Gengis Khan

O Castelo de Inverno é agora um museu, onde objectos de Bogd Khan, como o seu trono e cama, podem ser vistos, bem como as suas colecções de animais  embalsamados  de todo o mundo.

Mural no palácio de Inverno
Monges da Mongólia
Mantras budistas numa plataforma giratória

Aceitámos o desafio e saboreámos um delicioso churrasco da Mongólia, para o qual os chefs prepararam carnes e vegetais numa grande pedra quente circular. Eles usam duas lâminas longas para pegar nas carnes e a cortar. Uma experiência maravilhosa!

Barbecue Mongoliano com várias carnes e vegetais deliciosos

Agradecimento especial à Lernidee Trains & Cruises


Subscreva As Viagens do Francisco 


 

Comentários

Comentários

Francisco Brigham

Francisco trabalha como Designer Gráfico numa revista de viagens (Travel & Safaris). Viajar é a sua paixão! Por isso considera-se um viajante em busca de imagens, sabores e outras curiosidades por todo o Mundo. Escreve também aqui: "Francisco's Journey"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 × four =