Gaibéu: O Regresso

Sofia T

Sofia T

Profissionalmente tem feito imensas coisas, no entanto, aqui só se encontrará a parte civilizada.
Lê livros, conta histórias, estuda um pouco de tudo, o que lhe dá a capacidade de ver o mundo numa perspectiva alargada e de aprender depressa. Nunca pára de aprender. Vive numa insaciável busca por conhecimento e pela melhoria das suas aptidões.

Gosta de fazer bem, privilegia sempre a competência e segura-a no seu horizonte.

Se lhe perguntarem o que gosta mesmo de fazer, dirá que gosta de ler, escrever e de contar histórias. Por isso, escreve coisas em várias vozes. Eleva cada voz a um desafio que leva até ao fim e lhe serve de combustível.

Escreve em plataformas Blogger, WordPress, papel ou na areia da praia. Conta histórias em vídeo, áudio, ou texto. E edita-as todas, porque, acredita, é na edição que está a arte.

A quem interessar, nos espaços temporais que deixa em aberto, carregou fardos de palha, sacas de ração e carrinhos-de-mão cheios de estrume. Também trabalhou muitos cavalos e deu aulas de equitação, entre tantas outras coisas.
Sofia T

Latest posts by Sofia T (see all)

Esta rubrica “A abrir” substitui o Editorial, porque deixámos de usar a segunda e gostamos mais da primeira.  Hoje, não estamos a abrir, mas a reabrir, já que o Gaibéu está de regresso.

Seja bem-vindo a um Gaibéu diferente e renovado!

Parámos para mudar e alargar os horizontes, sempre com a Lezíria à nossa frente, e voltámos cheios de energia, prontos para o trabalho que tentaremos melhorar em qualidade.

Talvez nos veja menos vezes, mas esperamos que sejam “melhores vezes”, pois renunciámos definitivamente à pressa e ao imediatismo para nos focarmos em dar o nosso melhor.

Nesta nova versão do Gaibéu, vamos explorar temas que nos parecem interessantes, tanto a nós quanto a si.

Este novo ciclo inicia-se com uma entrevista ligada à temática da música, neste caso à ópera, portanto, vamos “dar-lhe música”, muita música e, claro, também estamos abertos às suas “sonoridades”. Sempre!

Preparado para nos enviar uns acordes?

Use e abuse da nossa caixa de comentários (está mesmo aqui em baixo), dos espaços abertos à conversação nas nossas redes sociais (Facebook, TwitterGoogle +, Instagram, YouTube, Vimeo) e do nosso e-mail somos todos ouvidos que estará sempre disponível no rodapé do site ou ali ao lado no botão “contactos”.

Ponha o volume no máximo e escute música, esta música que abre um novo ciclo e reabre o Gaibéu, um Gaibéu rejuvenescido, pronto para o trabalho, diferente e, desejamos, melhor.

Esperemos que goste!

 

Fique atento, há mais novidades a caminho!

Imagem: Pixabay

Comentários

Comentários

Sofia T

Profissionalmente tem feito imensas coisas, no entanto, aqui só se encontrará a parte civilizada. Lê livros, conta histórias, estuda um pouco de tudo, o que lhe dá a capacidade de ver o mundo numa perspectiva alargada e de aprender depressa. Nunca pára de aprender. Vive numa insaciável busca por conhecimento e pela melhoria das suas aptidões. Gosta de fazer bem, privilegia sempre a competência e segura-a no seu horizonte. Se lhe perguntarem o que gosta mesmo de fazer, dirá que gosta de ler, escrever e de contar histórias. Por isso, escreve coisas em várias vozes. Eleva cada voz a um desafio que leva até ao fim e lhe serve de combustível. Escreve em plataformas Blogger, WordPress, papel ou na areia da praia. Conta histórias em vídeo, áudio, ou texto. E edita-as todas, porque, acredita, é na edição que está a arte. A quem interessar, nos espaços temporais que deixa em aberto, carregou fardos de palha, sacas de ração e carrinhos-de-mão cheios de estrume. Também trabalhou muitos cavalos e deu aulas de equitação, entre tantas outras coisas.

6 thoughts on “Gaibéu: O Regresso

  • 24 Janeiro, 2017 at 17:04
    Permalink

    Gosto do visual, está assertivo e intuitivo e os conteúdos sem dúvida interessantes.
    O que gosto mais são as entrevistas/reportagens aos artistas da terra
    Agora que estão embalados é proibido parar! 🙂

    Reply
    • 25 Janeiro, 2017 at 1:16
      Permalink

      Não vamos parar, apenas reduzir a velocidade.
      Obrigada pelo feedback!

      Reply
  • 13 Janeiro, 2017 at 12:02
    Permalink

    Bem vindos de volta.

    Eu utilizaria mais os comentários mas não existe a opção “notificar de respostas” e isso faz muita falta para acompanhar a discussão!

    Reply
    • 13 Janeiro, 2017 at 14:06
      Permalink

      Olá, Azulnauta!
      Vamos tentar melhorar isso!
      Obrigada pelo feedback!

      Reply
  • 13 Janeiro, 2017 at 0:02
    Permalink

    Pausa merecida a quem está com espírito de serviço público! Obrigada e que este ano traga energia positiva para todo o ano. Um áudio abraço

    Reply
    • 13 Janeiro, 2017 at 0:23
      Permalink

      Obrigada eu!
      Energia positiva também para esse lado e sucesso para o Áudio Press Portugal!
      Tudo de bom!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

3 + 6 =