E os vencedores do Prémio Literário Alves Redol são…

Gaibéu
Seguir

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não.
Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote.
Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa.
gaibeu@gaibeu.pt.
Gaibéu
Seguir

No passado dia 28 de Dezembro de 2015, o júri do Prémio Literário Alves Redol decidiu a atribuição dos prémios nos géneros literários de conto e romance conforme no Regulamento do concurso.

Foram avaliados 263 trabalhos, sendo vencedoras as seguintes obras:

Romance

1º Prémio (no valor de 7.500,00€): “A luz vem das pedras” de Maria da Esperança (pseudónimo de João Carlos Costa da Cruz);

1ª Menção Honrosa (sem valor remuneratório): “O livro de Judite” de L. Teodoro (pseudónimo de Emília Ferreira).

Conto

1º Prémio (com o valor de 2.500,00€): “O homem que quase perdeu a mão” de Pedro Laguerre (pseudónimo de Carlos Caeiro);

1ª Menção Honrosa (sem valor remuneratório): “O homem cego que ouvia  a canção do mar” de António Ladeira (pseudónimo de Maria da Graça Pereira Marinheiro);

2ª Menção Honrosa (sem valor remuneratório): “Os seios de Ofélia” de Hamlet (pseudónimo de João José da Conceição Morgado).

O júri do Prémio Literário Alves Redol foi constituído por Ana Cristina Silva (escritora vila-franquense e representante do Município de Vila Franca de Xira), Manuel Amador Frias Martins (vice-presidente da Associação de Críticos Literários) e Miguel Real (pseudónimo literário de Luís Manuel Marques Martins).

Fonte e Imagem: BMVFX

Comentários

Comentários

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não. Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote. Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa. gaibeu@gaibeu.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two + nineteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.