Boysbands vs Girlsbands

Seguir

Natacha Fidalgo

Natacha Fidalgo é uma vilafranquense nascida em Moçambique que mora em Macau há 4 anos.
Mãe de duas crianças, a Letícia e o Rafael, começou a sua carreira como gerente de uma loja de roupa. Tem uma licenciatura em RH, e trabalha como formadora profissional há mais de 10 anos.
Mais recentemente, e perseguindo o seu sonho de ensinar, a Natacha completou uma Pós- Graduação em Educação e tem estado a trabalhar como professora de Inglês em Macau, como parte de um projecto que visa acrescentar criatividade e pensamento crítico às salas de aula desde os 3 anos, ao nível universitário.
Tendo interesses em muitas áreas, decidiu também seguir uma carreira como animadora de rádio, coisa que já tinha feito na adolescência com um programa semanal na Rádio Lezíria, e, começou este ano o seu próprio programa na Rádio Macau.
Natacha Fidalgo
Seguir

Latest posts by Natacha Fidalgo (see all)


Esta semana tivemos um dos programas mais bem dispostos de sempre! Dois convidados no Dois Dedos: uma convidada esteve cá pela segunda vez (a primeira de sempre a repetir a dose): chama-se Sandra Niza Barros, é macaense, descendente de portugueses, mas não domina a língua; e um convidado, o Miguel da Costa, que veio pela primeira vez, é macaense, fala um português e um inglês perfeitos, e, suponho que também um chinês perfeito... digo "suponho", porque não estou em condições de avaliar, dado o meu fraco conhecimento da língua...

O Miguel Aka Mei Mei e a Sandra Aka Singu são amigos há muitos anos,e partilham o meu gosto pela música divertida, dançável e cantável. Resolveram trazer-nos muitos temas dos 90´s, do grande furor das Boys and Girls Bands, e alguns temas de Boys e Girls Bands mais actuais para vermos a evolução... ou não. Porque, segundo me confessaram, já não se fazem bandas destas como antigamente.

 

Têm ambos uma voz fantástica para cantar, mas, infelizmente, resolveram não nos premiar com um bocadinho de cantoria. Estávamos mais entretidos a dançar (e até há videos que o comprovam) e a conversar de forma bilingue e trilingue (no caso do Mei Mei), porque isto de tentar falar só numa língua e ir traduzindo em simultâneo é dificil de fazer a 3, já que se salta de língua em língua inadvertidamente. Um bom exemplo de como são as «conversas de café» em Macau, hoje em dia. E não é uma questão de «se ser emigrante», acontece porque sentamos à mesma mesa pessoas que falam umas com as outras em línguas diferentes, e depois, naturalmente, acaba por se dar esta salada de boa disposição multicultural.

(Clicar no botão abaixo e depois no play para ouvir)

Comentários

Natacha Fidalgo

Natacha Fidalgo é uma vilafranquense nascida em Moçambique que mora em Macau há 4 anos. Mãe de duas crianças, a Letícia e o Rafael, começou a sua carreira como gerente de uma loja de roupa. Tem uma licenciatura em RH, e trabalha como formadora profissional há mais de 10 anos. Mais recentemente, e perseguindo o seu sonho de ensinar, a Natacha completou uma Pós- Graduação em Educação e tem estado a trabalhar como professora de Inglês em Macau, como parte de um projecto que visa acrescentar criatividade e pensamento crítico às salas de aula desde os 3 anos, ao nível universitário. Tendo interesses em muitas áreas, decidiu também seguir uma carreira como animadora de rádio, coisa que já tinha feito na adolescência com um programa semanal na Rádio Lezíria, e, começou este ano o seu próprio programa na Rádio Macau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

5 × 2 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.