Peixes mortos a flutuar nas águas do Tejo

Gaibéu
Seguir

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não.
Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote.
Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa.
gaibeu@gaibeu.pt.
Gaibéu
Seguir

Têm sido vistos peixes mortos a flutuar no rio Tejo em Vila Franca de Xira e Alhandra, desde finais de Setembro.

Vários moradores denunciaram esta situação, tanto nas redes sociais como às autoridades competentes, sem que tivessem ainda obtido resposta quanto às causas apuradas.

Daniel Martinho, que foi uma das pessoas que contactou a Divisão de Ambiente, Sustentabilidade e Espaço Público da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e o Serviço de Atendimento SOS Ambiente da GNR, e que tem estado atento a esta situação, mostrou-se preocupado com a situação e com a demora no apuramento da causa da morte de tantos peixes que flutuam nesta zona do rio.

Vídeo XTV Podcast

Segundo reportagem da TVI, que esteve ontem em Vila Franca de Xira, a Câmara Municipal informou o SEPNA (Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da GNR) e o Ministério do Ambiente, sem que ainda tivesse obtido resposta quanto à origem do problema.

Catarina Conde, da Divisão do Ambiente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, disse em entrevista a esta estação de televisão: “Não temos informação de qualquer descarga nesta zona, mas também não temos informação adicional de onde poderá ser o foco de contaminação. Estão a fazer vistoria, a descer e a subir o rio, a verificar se há algum ponto e a fazer simultaneamente análises à água e aos peixes”.

Entretanto, o Partido Ecologista “Os Verdes” informou, em comunicado, no passado dia 6, que “o deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente, sobre a grande quantidade de peixes mortos no Rio Tejo, entre Vila Franca de Xira e Alhandra, no início de Outubro”, e que pretende obter respostas às seguintes questões:

1- Que conhecimento tem o Governo relativamente a esta situação?
2- Já são conhecidas as causas da morte dos peixes? Se sim, quais são as causas?
3- Que diligências foram entretanto tomadas para resolver a situação?

Segundo a TVI, que também questionou o Ministério do Ambiente sobre o que poderá a estar a provocar a morte dos peixes, à data da reportagem de ontem ainda não se tinha obtido qualquer resposta deste organismo.

Nos últimos tempos, têm surgido vários movimentos de cidadania em defesa do Tejo, como o ProTEJO – Movimento Pelo Tejo ou Vamos Salvar o Rio Tejo que têm alertado para questões ambientais que afectam o rio. Há inclusivamente a publicação regular, nos blogues e redes sociais destes movimentos cidadãos, de vídeos onde se podem ver espumas, águas negras e a eutrofização do rio (crescimento excessivo de plantas aquáticas que afectam os cursos de água).

Está também agendada a 3ª Manifestação Contra a Poluição do Rio Tejo e Seus Afluentes, pelo ProTEJO, para dia 14 de Outubro, pelas 15 horas, em Lisboa à beira Tejo, com desfile desde a Praça Duque da Terceira no Cais do Sodré até ao Terreiro do Paço – Praça do Comércio.

Imagens gentilmente cedidas por Daniel Martinho

Comentários

Comentários

Gaibéu

O Gaibéu é um espaço informativo feito por gentes da terra, em formato jornalístico. Ou não.
Notícias, reportagens, entrevistas, opinião, podcasts, lugares e sabores, tudo isto no mesmo pacote.
Do concelho de Vila Franca de Xira para o mundo. E vice-versa.
gaibeu@gaibeu.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

eleven − eleven =