Dois anos de Gaibéu

Sofia T

Sofia T

Profissionalmente tem feito imensas coisas, no entanto, aqui só se encontrará a parte civilizada.
Lê livros, conta histórias, estuda um pouco de tudo, o que lhe dá a capacidade de ver o mundo numa perspectiva alargada e de aprender depressa. Nunca pára de aprender. Vive numa insaciável busca por conhecimento e pela melhoria das suas aptidões.

Gosta de fazer bem, privilegia sempre a competência e segura-a no seu horizonte.

Se lhe perguntarem o que gosta mesmo de fazer, dirá que gosta de ler, escrever e de contar histórias. Por isso, escreve coisas em várias vozes. Eleva cada voz a um desafio que leva até ao fim e lhe serve de combustível.

Escreve em plataformas Blogger, WordPress, papel ou na areia da praia. Conta histórias em vídeo, áudio, ou texto. E edita-as todas, porque, acredita, é na edição que está a arte.

A quem interessar, nos espaços temporais que deixa em aberto, carregou fardos de palha, sacas de ração e carrinhos-de-mão cheios de estrume. Também trabalhou muitos cavalos e deu aulas de equitação, entre tantas outras coisas.
Sofia T

Latest posts by Sofia T (see all)

O Gaibéu faz hoje dois anos.

Nasceu no dia 8 de Agosto de 2015, pela tarde (se bem me lembro), depois de quatro meses de gestação in utero. Ou melhor, offline. Foi crescendo devagarinho. Nada de “repentes”, nada de explosões de popularidade. Um crescimento passo a passo.

Como um bebé, primeiro aprendeu a sorrir, depois a falar e, mais tarde, a andar. Vamos, agora, andando, com alguns desequilíbrios próprios dos nossos tenros dois anos. Mas continuamos a andar e a aprender que o percurso se faz de passinhos pequeninos, cada vez mais seguros.

Este site começou para servir uma função que, ao longo dos tempos, percebemos não ser necessária. Hoje, trabalha mais devagar, pondera tudo aquilo que publica, sem pressas de chegar primeiro, mas com o objectivo de chegar ao sítio certo.

É com este objectivo em mente que vai continuar no seu vagar e ponderação, privilegiando sempre a qualidade ao populismo.

Sabemos que quem nos lê, nos lê de verdade. Temos tido provas disso. Podemos não chegar às massas, mas, mais cedo ou mais tarde, as massas vão chegando até nós. De olhos abertos e com vontade para nos lerem. E é isso que nos interessa: informar com calma, isenção e assertividade; contar histórias e memórias; expressar opiniões… Falar deste concelho e desta terra, mas também do mundo que nos rodeia. Das coisas boas, mas também das más. Porque as há. Não fechar os olhos, não dormir em serviço, não favorecer ou prejudicar ninguém só porque nos dá jeito.

Em breve, vamos voltar a estar mais presentes e interventivos. Esperamos que continue também aí desse lado, a vermos crescer, a ler-nos, a ouvir-nos, mas também a dar-nos a sua opinião.

Hoje festejamos estes dois anos com a publicação de uma reportagem fotográfica de um treino dos forcados, na XXVIII Semana da Cultura Tauromáquica, um dos símbolos vivos desta terra que vai mantendo a tradição e, ao mesmo tempo, se vai renovando. Porque a identidade de um povo, de uma comunidade, por mais pequena que seja, se faz de tradição, mas também de evolução. Escolhemos este treino do Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira cheio de caras jovens, porque são um exemplo dessa junção entre tradição e renovação, quando vemos que os mais novos se vão juntando a um grupo com idade para ser avô e mantendo a continuidade daquele que faz, a 8 de Outubro deste ano, 85 anos de vida.

E até no 8 do dia da sua fundação, o Grupo de Forcados se aproxima deste site que hoje, também dia 8, completa dois pequeninos anos.

Espero que goste e que continue por aí. Nós voltamos. Devagarinho.


Subscreva a nossa newsletter

Comentários

Comentários

Sofia T

Profissionalmente tem feito imensas coisas, no entanto, aqui só se encontrará a parte civilizada.
Lê livros, conta histórias, estuda um pouco de tudo, o que lhe dá a capacidade de ver o mundo numa perspectiva alargada e de aprender depressa. Nunca pára de aprender. Vive numa insaciável busca por conhecimento e pela melhoria das suas aptidões.

Gosta de fazer bem, privilegia sempre a competência e segura-a no seu horizonte.

Se lhe perguntarem o que gosta mesmo de fazer, dirá que gosta de ler, escrever e de contar histórias. Por isso, escreve coisas em várias vozes. Eleva cada voz a um desafio que leva até ao fim e lhe serve de combustível.

Escreve em plataformas Blogger, WordPress, papel ou na areia da praia. Conta histórias em vídeo, áudio, ou texto. E edita-as todas, porque, acredita, é na edição que está a arte.

A quem interessar, nos espaços temporais que deixa em aberto, carregou fardos de palha, sacas de ração e carrinhos-de-mão cheios de estrume. Também trabalhou muitos cavalos e deu aulas de equitação, entre tantas outras coisas.

One thought on “Dois anos de Gaibéu

  • 5 Setembro, 2017 at 9:02
    Permalink

    Parabéns pelos dois anos de Gaibéu ! 2 Anos já quer dizer que aprendeu a andar e anda pelas próprias pernas, agora só queremos vê-lo crescer, e ser cada vez maior!
    Espero longa vida e muitos sucessos, e muitas novidades para lermos. Parabéns!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

17 + sixteen =